siéntete

esse aperto que me sobe
pelas entranhas
arranha minha garganta
transformando
toda dor
em asma
resumindo meus dias
quando a penumbra
me desperta
eu começo a contar
tentando recuperar
minha respiração
lamentando
por estar ali
por estar assim
por apenas sentir
e ansiando pelo dia
que tudo não
passará
de uma quimera
sem perceber
que vivo em uma
já fui asfixiada
há tempos
pelos dias
corriqueiros
e pela
efemeridade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s